Freg.ª de Camarneira

ALGUMAS INFORMAÇÕES SOBRE A FREGUESIA DE CAMARNEIRA

Brasão da freguesia de CamarneiraCom uma população actual estimada em cerca de 900 residentes, pouco mais ou menos, esta freguesia de Camarneira englobará, para além da povoação sede, os lugares ditos de Areia da Camarneira, Campanas, Carvalheira, Fonte Errada, Lontro, Quinta da Alegria, Quinta da Camarneira e Quinta do Cedro.
Surgindo como a mais recente das aquisições paroquiais deste concelho de Cantanhede, a Camarneira foi criada por desmembramento destes lugares até aí pertencentes ao termo da freguesia de Covões.
Em termos de abrangência territorial, é apontada, para esta nóvel circunscrição, uma superfície orçada em 847 hectares.
Camarneira é toponimo de algo rara ocurrência, podendo eventualmente aludir a uma circunstância local relacionada com suposta abundância de produção hortícola leguminosa, já que aquele termo se constituirá como provincianismo que exprimirá, em relação às plantas leguminosas que ostentam expressiva fartura de vagens.
Inserida em zona de transição da sub-região gandaresa (que se estende a partir dali em direcção ao litoral, a ocidente) para a bairradina, esta freguesia detem alguma expressão a nivel agrícola, já que os seus solos se apresentam, na generalidade, propícios ao cultivo. Para além de algumas explorações vitícolas de mediana dimensão, há registo igualmente de uma ou outra unidade pecuária de relativa importância e peso económicos, a nivel local.
A novel freguesia – de reduzida expressão em termos de superfície abrangida – encontra posição na zona central da faixa mais setentrional deste território concelhio, tendo por vizinhas e limítrofes as congéneres Covões (a norte), Febres (a ocidente) e Pocariça (a sul); pelo flanco oriental entesta já com o também vizinho termo municipal de Anadia.
No parco (e pouco proeminente, em termos artísticos) património edificado local, contar-se-á para além da capela de Camarneira, a capela de Campanas e o cruzeiro de Camarneira.
A capela, que traz por órago Nossa Senhora dos Milagres, é um templo de recente e incaraterística traça, datável da segunda metade do século XX. Inclui, como é uso, uma torre sineira adossada a um dos flancos da frontaria, surgindo este corpo, de planta quadrangular, algo sobredimensionado na respectiva volumetria e, sobretudo, na desmesurada altura.
Assumindo uma feição económica essencialmente de teor agrícola, o então simples lugar da Camarneira terá conhecido, ao tempo da implantação da República – seja logo a partir da primeira década do século XX – um importante período de agitação política. Posteriormente e pelos meados da mesma centúria, um forte impulso no movimento associativo local levaria à criação de diversas colectividades: do primeiro clube da freguesia, a União Camarneira, haveriam de resultar posteriormente dois outros grupos subsidiários – o Recreativo e o Cénico – , surgindo um pouco mais tarde ainda o Desportivo, de efémera duração.
(fonte do texto: Cantanhede honrando o passado, rumo ao futuro. Fonte das imagens: Wikipedia e/ou extraídas do livro Cantanhede honrando o passado, rumo ao futuro.)


População: 824 habitantes.

Actividade Económica: Agricultura e pequeno comércio.

Gastronomia: Leitão à Bairrada e chanfana.

Artesanato: Cestaria em vime

Património Cultural e Edificado: Capela; Cruzeiro da Camarneira; Monumento ao Emigrante.

Festas e Romarias: Nossa Senhora dos Milagres.
Padroeira: Nossa Senhora dos Milagres.
(Fonte destas informações: http://www.cm-cantanhede.pt/ )

POPULAÇÃO RESIDENTE EM 2011 SEGUNDO GRUPOS ETÁRIOS
VARIAÇÃO ENTRE 2001 E 2011
GRUPOS ETÁRIOS
GRUPOS ETÁRIOS
População
Homens
0- 14 anos
15-24 anos
25-64 anos
65 e mais
Variação
0-14 anos
15-24 anos
25-64 anos
65 e mais
824
392
87
69
403
265
-5,29%
-23,01%
-49,26%
-8,62%
47,22%

Fonte: Informações retiradas do site do INE. Em caso de disparidade entre estes dados aqui expostos neste quadro e os dados do INE, estes últimos devem primar.

TAXA DE ANALFABETISMO: 13,23%

JUNTA DE FREGUESIA
União das Freguesias de Covões e Camarneira
Presidente: Asdrúbal G. Torres – Freguesia de Covões – (eleito pelo PPD/PSD com 69,62%)
Telefone: 231-461459 (C)

linha separadora

O concelho de Cantanhede passou de 19 a 14 freguesias após o dia 12 de Outubro de 2013 pela Reorganização Administrativa do Território. São elas actualmente:
Ançã, Cadima, Cantanhede+Pocariça, Cordinhã, Covões+Camarneira, Febres, Murtede, Ourentã, Portunhos+Outil, São Caetano, Sanguinheira, Sepins+Bolho, Tocha, Vilamar+Corticeiro de Cima
Clique nos nomes das freguesias abaixo para saber mais sobre cada uma delas:

Ançã Bolho Cadima Camarneira Cantanhede Cordinhã Corticeiro Covões Febres Murtede Ourentã Outil Pocariça Portunhos S.Caetano Sanguinheira Sepins Tocha Vilamar