Freguesia de Portunhos

ALGUMAS INFORMAÇÕES SOBRE A FREGUESIA DE PORTUNHOS

Espairando-se por uma área de 1524 ha, localizada a 7 Km para sudeste da sede concelhia, Portunhos é uma freguesia composta por três lugares: Portunhos, Pena e Vale de Água, concentrados num espaço de 2 Km2. Atravessada pela ribeira de Ançã, no sentido norte-sul, em tempos idos uma via navegável, a freguesia pode sentir-se priveligiada pela fertilidade do vale onde se situa e por onde corre a dita ribeira da qual terá recebido o nome primitivo de Portinhos, que é devido à existência de um porto o qual servia para embarcar e desembarcar as mercadorias, em particular a pedra – calcário – nome depois alterado para a designação actual, por corruptela popular.
Ribeiras vindas de freguesias próximas correm para a de Ançã, pelo que a água abunda no vale. Não se estranha assim que nesta região tenham prosperado lagares de azeite e moinhos, utilizadores da energia das águas.
Habitada desde sempre, havendo vestígios da presença humana no período Neolítico, a sua população actual não vai além dos 1200 habitantes, número que se tem mantido constante ao longo das duas últimas décadas. Não se sabe quantos seriam na época os seus habitantes, mas o que é certo é que os Romanos também terão assentado arraiais nesta região, como ficou bem comprovado pelo achado , no sítio denominado de Pardieiros, pertencente ao lugar da Pena, de um tesouro com 2000 moedas imperiais, datadas de finais do século IV ou príncipios do século V. Data ainda do ano de 1080 o primeiro documento em que é feita referência à designação « Portunica » ainda com um acentuado travo a latim.
Até 1839, Portunhos integrou o concelho de Ançã e comarca de Coimbra, como se pode comprovar pela carta foraleira, datada de 1371, de doação, por parte do rei D. Fernando da jurisdição da vila de Ançã a D. Afonso Telo, conde de Barcelos, onde a localidade de Portunhos é referida como fazendo parte do território dessa antiga vila. Contudo, a freguesia já estaria dentro dos domínios de Cantanhede aquando da « sua » Revolta da Maria da Fonte, um levantamento popular contra a proibição de os funerais continuarem a ser realizados no interior dos templos, instituindo a sua prática nos recém-criados cemitérios, revolta essa que, nesta freguesia, teve também os seus episódios. Pois sabe-se que alguns dos revoltosos da freguesia acabariam por ser julgados no tribunal de Cantanhede.
Tendo chegado até nós estes momentos da sua história, outra característica antiga também não se perdeu e continua ainda hoje a marcar a vida de Portunhos – a extracção da pedra.
Já no período renascentista, os seus calcários – macios, alvos e de enorme plasticidade – eram utilizados na construção de palácios e esculturas, assim como em calçadas e no fabrico da cal.
E tal continua ainda hoje a ser assim, pois as indústrias dependentes do calcário predominam, seja na fase de extracção, seja nas de aproveitamento e transformação da pedra, sendo também a actividade que monopoliza o investimento industrial na freguesia. Para além desta, parte da população dedica-se ainda à construção civil e à dinamização de pequenas oficinas de reparação automóvel.
Desta forma, o sector primário ocupa apenas 8% da população, sendo a produção de vinho, azeite, milho batata e legumes maioritariamente para autoconsumo.
« O novo edíficio da sede da Junta, a requalificação do Largo Central de Portunhos, a pavimentação de passeios e a construção do novo polidesportivo são simbolos do trabalho e tenacidade do trabalho que temos colocado na nossa acção ao serviço da freguesia, ao longo dos últimos dez anos.
Os maiores problemas, são a falta de saneamento básico e posto de saúde. A falta de segurança nas vias (…) . As limitações impostas pelo PDM, que impedem a construção de habitações bem como a instalação de diversas empresas ».
(Fonte do texto: autoria desconhecida. Fonte das imagens: Wikipedia

Mais informações sobre a Freguesia de Portunhos : http://prp.no.sapo.pt/activid.htm
Saiba mais sobre a freguesia: http://www.freguesiadeportunhos.pt/‎


População: 1187 habitantes (censos 2011)
Densidade: 79,13 hab./.km²
Actividade económica: Exploração de calcário e agricultura
Gastronomia: Chanfana, bacalhau assado com batatas a murro e leitão à Bairrada
Artesanato: Cantaria e cestaria.
Património cultural e edificado: Igreja Paroquial, casa do capitão-mor, capelas de S. João, de S. Pedro, do Cemitério e de S. Francisco, cruzeiros, diversas imagens antigas e ruínas de Pardieiros de Pena.
Outros Locais de interesse turístico: Grutas e pedreira d´El Rei, antigos fornos de cal e mata-jardim da Fundação Ferreira Freire

Festas e romarias: S. Pedro – Pena (2º Domingo de Agosto), S. João (24 de Junho), S. Francisco de Assis – Vale de Água (24 e 25 de Dezembro) e Festa de Nossa Senhora de Fátima ou Festa dos Caracóis (último Domingo de Maio)
Padroeiro: S. Julião
(Fonte destas informações: http://www.cm-cantanhede.pt/ )

Alojamentos: 432
Distribuição da população:

POPULAÇÃO RESIDENTE EM 2011 SEGUNDO GRUPOS ETÁRIOS
VARIAÇÃO ENTRE 2001 E 2011
GRUPOS ETÁRIOS
GRUPOS ETÁRIOS
População
Homens
0- 14 anos
15-24 anos
25-64 anos
65 e mais
Variação
0-14 anos
15-24 anos
25-64 anos
65 e mais
1187
558
152
95
584
356
-3,34%
1,331%
-44,77%
-2,01%
14,84%

Fonte: Informações retiradas do site do INE. Em caso de disparidade entre estes dados aqui expostos neste quadro e os dados do INE, estes últimos devem primar.

TAXA DE ANALFABETISMO: 14,1%
JUNTA DE FREGUESIA
Presidente: 
Paulo Santos (eleito pelo PPD/PSD com 51,02% que equivale a 574 votos )
Telefone: 239-964690 (JF)
Código Postal: 3060-522

linha separadora

O concelho de Cantanhede passou de 19 a 14 freguesias após o dia 12 de Outubro de 2013 pela Reorganização Administrativa do Território. São elas actualmente:
Ançã, Cadima, Cantanhede+Pocariça, Cordinhã, Covões+Camarneira, Febres, Murtede, Ourentã, Portunhos+Outil, São Caetano, Sanguinheira, Sepins+Bolho, Tocha, Vilamar+Corticeiro de Cima
Clique nos nomes das freguesias abaixo para saber mais sobre cada uma delas:

Ançã Bolho Cadima Camarneira Cantanhede Cordinhã Corticeiro Covões Febres Murtede Ourentã Outil Pocariça Portunhos S.Caetano Sanguinheira Sepins Tocha Vilamar